Tai Chi Chuan estilo Chen

Grão Mestre Chen Xiaoxing e alunos de Taijiquan em Chenjiagou

Sobre o estilo

O Tai Chi Chuan (太極拳) é uma arte cuja filosofia remete ao equilíbrio das forças complementares Yin e Yang. Ao longo do tempo, ramificou-se em diferentes estilos que lhe conferiram tonalidades distintas. Em sua versão mais popular, o Tai Chi é difundido como uma atividade terapêutica suave e de baixo impacto (p. ex. estilo Yang e Pai Lin). No entanto, em seu local de origem, Vila Chen (Chenjiagou, 陳家溝) na China, a arte tem sido preservada pela família Chen em seu aspecto original como uma arte marcial vigorosa. Trata-se de um estilo de Kung Fu caracterizado pelo equilíbrio entre suavidade (柔, róu) e firmeza (剛, gāng), lentidão e agilidade, com movimentos circulares e bases de pernas firmes.

Prof. Marco Moura em Chenjiagou
Marco Moura em Chenjiagou, China. Ao fundo, estátua do fundador do estilo, Mestre Chen Wang Ting.

No Centro Dao, as aulas do estilo Chen de Tai Chi Chuan englobam exercícios de condicionamento físico, treinamentos posturais, de concentração e padrões de Chi Kung “enrolar o fio de seda”. Dentro da proposta marcial, há o treinamento em dupla de tuishou, aplicações de golpes e finalizações. O praticante também é direcionado para aprender as sequências das formas tradicionais do estilo e a explorar o conteúdo marcial implícito em cada movimento.

Da China para o mundo

Durante séculos, o Tai Chi Chuan foi uma arte marcial restrita à família Chen. Passou a ser difundido mais abertamente somente a partir de Yang Luchan (1799-1872), um forasteiro que conquistou a confiança da família Chen, sendo aceito como discípulo. Proibido de divulgar a arte marcial familiar abertamente, criou seu próprio método, o Tai Chi Chuan da família Yang. Foi a partir dessa ramificação que o Tai Chi ganhou popularidade mundial assumindo uma conotação menos marcial. Somente mais tarde, o método marcial Chen de Tai Chi Chuan passou a ser difundido mundialmente.

Dentro da atual geração da família Chen, um dos principais propagadores do Tai Chi Chuan como arte marcial interna tem sido o Mestre Chen Ziqiang. Pertencente à 20ª Geração da Família Chen, Ziqiang é instrutor-chefe da Chenjiagou Taijiquan Xuexiao. No Brasil, é representado oficialmente pelo seu discípulo Gil Rodrigues, responsável pela filial brasileira da Escola Chenjiagou de Taijiquan.

Prof. Marco Moura e Mestre Jiru praticando Tuishou
Marco Moura e Ven. Mestre Jiru

Prof. Marco e o estilo Chen

O estilo Chen foi apresentado ao Prof. Marco Moura em 2013 pelo Mestre Jiru, monge abade do Templo MABA nos Estados Unidos, que treinou a arte diretamente com o Grão-Mestre Chen Xiaoxing na Vila Chen, China. Em sua vida monástica, Mestre Jiru dedica-se a ensinar exclusivamente budismo e exercícios para a saúde, mas abriu exceção para Marco e o aceitou como seu primeiro aluno de Tai Chi Chuan estilo Chen.

Como sugestão para seguir aperfeiçoando-se no estilo, Mestre Jiru indicou a Marco como referência o Mestre Chen Ziqiang, filho do seu mestre. A partir da primeira vinda do Mestre Chen Ziqiang a São Paulo, Marco Moura participou de todos os seus seminários e viajou à China em 2018 para treinamento em sua escola em Chenjiagou. Também treinou na Escola Chenjiagou de Taijiquan Brasil com o professor Gil Rodrigues (discípulo do Mestre Chen) após sua fundação em 2016.


Zhanzhuang - Mestre Chen Ziqiang em seu primeiro seminário de Taijiquan no Brasil
Marco Moura no 1o seminário do Mestre Chen Ziqiang no Brasil
Prof. Gil Rodrigues, Mestre Chen Ziqiang e Prof. Marco Moura
Prof. Gil Rodrigues, Mestre Chen Ziqiang e Prof. Marco Moura
Marco Moura em Chenjiagou - postura de Taijiquan
Marco treinando em Chenjiagou, China.