Tui Shou

Aulas de Tui Shou no Centro Cultural Tzong Kwan
O Tui Shou (literalmente, pressão de mãos) é a aplicação de Tai Chi em dupla. Sem fazer uso da força bruta como nas artes marciais externas, o Tui Shou tem como peculiaridade o uso da circularidade como estratégia para livrar-se do ataque. O objetivo dessa prática não é ferir, mas neutralizar a agressão externa e evitar o conflito através da harmonização com o oponente. Como recurso, treina-se a sensibilidade para interceptar o ataque assim que a intenção surgir no agressor, adaptando-se à força aplicada e conduzindo-a para uma trajetória fora da área vulnerável.

O programa de aulas envolve exercícios de Qi Gong, bases do Tai Chi Chuan, treinamentos em dupla para desenvolver a sensibilidade, Qin Na (chaves e finalizações de defesa pessoal), Tui Shou com uma e duas mãos e filosofia. Não é preciso ter experiência em Tai Chi ou em outras artes marciais.

Aulas: Sábados das 8h às 9h. Grade de horário e valores.

Tui Shou – atitude e filosofia

A resposta automática que o homem comum dá a uma agressão física ou verbal é o revide. A reação frente a um ataque consiste em responder minimamente na mesma proporção para não ser atingido, exercendo força contra outra força. É um raciocínio lógico, porém, segundo os ensinamentos chineses antigos, combater força com força não é vantajoso. Gera desgaste de energia e alimenta ainda mais a oposição, pois a reação dá suporte à ação inicial, nutrindo e fortalecendo a energia hostil que foi investida. Enquanto há uma briga de egos, com um querendo vencer o outro, as partes saem prejudicadas e quem ganha é a energia do conflito, que não representa ganho real para ninguém. Quanto mais combustível, mais fogo. É preciso transmutar, ou seja, mudar o padrão de resposta do Yang para o Yin e do Yin para o Yang. O sucesso é de quem preserva o eixo do movimento.

Como exemplo, o que acontece quando você está bravo com uma pessoa e ela lhe sorri verdadeiramente? Você fica desarmado, pois espera da outra parte um padrão de resposta equivalente ao que você está emitindo. Quando o receptor está em outro padrão, não existe ressonância, então a energia é neutralizada pelo vazio. Utilizando o princípio da circularidade, o ataque direcionado ao corpo do praticante encontra como resposta não uma força oponente para enfrentá-lo, o que corresponderia à polaridade da sua intenção, mas um movimento em espiral que o integra e o leva para outro caminho. Essa é a verdadeira estratégia, a resposta livre com raízes no vazio.

Tai Chi Tui Shou no Centro Cultural Tzong Kwan
Alunos João e André em treino de Tui Shou.

Dao De Jing (Lao Zi)

Capítulo 68
“Um bom soldado nunca é agressivo;
um bom lutador nunca fica irado.
A melhor maneira de conquistar um inimigo
é ganhar dele sem enfrentá-lo.
A melhor forma de liderar pessoas
é colocar-se abaixo para servi-las.
A isso se lhe chama a virtude da não-luta!
A isso se lhe chama usar as habilidades do homem!
A isso se lhe chama estar em unidade com o Céu!”

Capítulo 78
“Nada no mundo
é mais suave e flexível que a água.
No entanto para dissolver o duro e inflexível,
nada pode superá-la.

O suave supera o duro;
O gentil supera o rígido.
Todos sabem que isso é verdade
mas poucos podem praticá-lo…”